10º Congresso Brasileiro de Ensino e 3º Simpósio de Especialistas

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

OVARIOSALPINGOHISTERECTOMIA EM CADELAS E GATAS: UM ESTUDO RETROSPECTIVO-PROSPECTIVO NO MUNICIPIO DE BOA VISTA-RR

Resumo para avaliação

A ovariosalpingohisterectomia (OSH) é uma cirurgia realizada para prevenir e tratar doenças do trato reprodutor feminino ou para evitar cio e crias indesejadas. O objetivo deste estudo foi realizar um levantamento de dados para identificar a indicação e o perfil das OSHs de cadelas e gatas no município de Boa Vista-RR. Foi realizado um estudo retrospectivo-prospectivo. Para o estudo retrospectivo, foram revisados registros de atendimentos clínico-cirúrgicos realizados no período de julho de 2019 a julho de 2020, em quatro clínicas veterinárias da cidade. A partir de agosto do referido ano, foi realizado o estudo prospectivo até janeiro de 2021. Os animais foram divididos de acordo com a espécie e indicação de OSH (terapêutica ou eletiva). Foram analisados 599 registros. As OSHs eletivas foram mais frequentes em pacientes felinas, sendo sete vezes mais realizados que as de caráter terapêuticos. Em cadelas não houve diferença entre os subgrupos. As alterações mais presentes em ambas as espécies foram: piometra, tumores mamários e parto distócico. Nesse estudo, não foi possível verificar qualquer predileção racial devido a disparidade na quantidade de animais de raça e sem raça definida. Quanto a sazonalidade, apesar de ter sido notada correlação entre o período do ano e as características do ciclo estral de cada espécie, não foi possível afirmar se há relação entre os dados devido à escassez de estudos na literatura. Conclui-se que a cirurgia de OSH foi realizada mais em cadelas, porém, cirurgias de caráter eletivo foram mais frequente em gatas.

Palavras-chave

Canino. Felino. Cirurgia. Castração. Prevalência.

Área

Cirurgia Geral

Autores

Caroline Sena Macêdo, Ana Letícia Filizzola Vasconcelos, Érika Fernanda Villamayor Garcia